Cirurgia Ginecológica Histeroscopia

A histeroscopia é um procedimento que adquire a cada dia maior importância no arsenal propedêutico e terapêutico do ginecologista.

Consiste na avaliação do canal cervical e da cavidade uterina através da introdução de uma ótica pelo colo uterino. Esta ótica pode variar de 2,5mm a 9 mm conforme o procedimento que será realizado.

É realizada a distensão da cavidade uterina com gás de CO2 ou líquido (glicina ou soro fisiológico) dependendo do caso e da conduta terapêutica a ser determinada.

Os equipamentos tornam-se cada vez mais delicados e menos traumáticos podendo, na grande maioria das histeroscopias, serem realizados de forma ambulatorial, ou seja, sem internação.

  • Investigação de infertilidade;
  • Pólipos;
  • Miomas submucosos;
  • Sinéquias (aderências) uterinas;
  • Malformações uterinas como os septos uterinos;
  • Avaliação de sangramento uterino anormal;
  • Diagnóstico de patologias endometriais;
  • Diagnóstico de câncer de endométrio;
  • Metrorragia pós-gestação;
  • Retirada de corpo estranho e DIU.
Dra. Jaqueline Behrend Dra. Jaqueline Behrend

Blog da Jaque

Notícias Saiba Mais